DAE reclama da CPFL e vai acionar Aneel por falta d’água

Serviço foi realizado pela empresa sem aviso prévio e prejudicou abastecimento em bairros da cidade na semana passada


O DAE (Departamento de Água e Esgoto) de Santa Bárbara d’Oeste prometeu reclamar da CPFL para a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) devido uma manutenção, sem aviso prévio, que afetou o abastecimento na cidade. O serviço ficou prejudicado entre a noite desta quarta-feira e a tarde de quinta, na semana passada. O DAE e a CPFL já haviam travado um embate judicial em março.

A autarquia apontou que não recebeu aviso da CPFL Paulista sobre a manutenção, que ocorreu na rede de energia. Os trabalhos causaram falta de energia e a paralisação dos equipamentos utilizados para fornecimento de água.

Os problemas prejudicaram o abastecimento na região dos bairros Conjunto Habitacional Roberto Romano, Jardim Laudissi II, Residencial Parque Rochele I, Parque Olaria, Recreio Alvorada, Jardim Santa Alice e Jardim Vista Alegre.

Foto: Divulgação / Prefeitura de Santa Bárbara
DAE alega que serviço da pela CPFL trouxe prejuízos no abastecimento

Segundo o DAE, o sistema de captação da Represinha foi afetado por duas quedas de energia. A situação refletiu no trabalho das bombas, máquinas e adutoras que abastecem toda a região.

Equipes operacionais da autarquia atuaram para o religamento das bombas e também no reparo em vazamentos na rede, decorrentes da variação de fluxo de água inesperada. De acordo com o DAE, a oscilação aconteceu em razão das quedas de energia.

“Diante dos fatos, o município de Santa Bárbara d’Oeste relatará todo o ocorrido à Aneel, órgão que regula e fiscaliza o fornecimento de energia elétrica no País. O município lamenta o transtorno causado pela CPFL à população”, apontou.

Incidente

Em nota, a CPFL ressaltou que realizou a manutenção em virtude de um “incidente emergencial” e que, portanto, não havia necessidade de aviso prévio, conforme determinação da Aneel.

“A CPFL Paulista informa que uma das unidades consumidoras de abastecimento de água no Departamento de Água e Esgoto de Santa Bárbara d’Oeste foi interrompida por uma ocorrência na rede elétrica local às 17 horas de ontem (27) e totalmente solucionada às 22h05”, comunicou.

Em março, após ação ajuizada pelo DAE, a Justiça de Santa Bárbara d’Oeste proibiu a CPFL de interromper o fornecimento de energia para a execução de “reparos na rede”.

A juíza Eliete de Fátima Guarnieri, da 3ª Vara Cível, argumentou que a manutenção deixaria 100 mil barbarenses sem água.

O corte ocorreria no dia 10, numa sexta-feira, e faria com que o fornecimento de água fosse interrompido para diversos bairros durante o dia e no fim de semana, o que não é permitido pela Ares-PCJ (Agência Reguladora dos Serviços de Saneamento das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí).

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter