Criminosos roubam comércios na Avenida São Paulo

Sorveteria e lanchonete foram assaltadas por homens armados, no mesmo dia e da mesma forma


Dois estabelecimentos comerciais foram roubados da mesma forma, neste sábado, na Avenida São Paulo, em Santa Bárbara d’Oeste. Uma lanchonete e uma sorveteria foram alvo de criminosos que montados em moto e armados, renderam funcionários e levaram dinheiro e celulares.

A primeira ação ocorreu por volta das 16h em uma sorveteria na esquina com a rua Leonel Pântano. O comerciante F.F. de 38 anos diz que estava dentro da loja quando dois homens desceram de uma moto, entraram no local sem tirar os capacetes e renderam os funcionários. Eles levaram os documentos e cartões do comerciante, além de R$ 720 em espécie e um celular. A vítima não conseguiu identificar a cor e nem o modelo do veículo, antes dos criminosos abandonarem o local.

Há seis quadras dali, na esquina com a Rua do Petróleo, uma pequena lanchonete também foi assaltada por dois homens armados. O crime aconteceu por volta das 23h do sábado. Assim como no caso da sorveteria, a dupla não retirou os capacetes e rendeu o proprietário do local levando R$ 150, uma corrente de ouro e um celular. Neste caso, o comerciante J.F, 30 anos, reconheceu o veículo como sendo uma Honda Titan de cor escura. Ninguém foi preso pelos assaltos até o fechamento desta reportagem.

VEÍCULOS. Outros dois crimes semelhantes também ocorreram em Americana este domingo. Na Rua Tuiuti, na Vila Santa Catarina, dois carros Fiat foram furtados no mesmo período, em frente a mesma casa. O aposentado J.B, de 66 anos, teve seu Fiat Idea branco furtado entre às 8h40 e 10h, período em que o carro ficou estacionado no local. Além do veículo também foram levados documentos, dois celulares e um óculos da vítima.

Também entre 8h30 e 10h, o empresário A.L.F, 54 anos declarou terem furtado o seu Fiat Uno Way, prata. Ele relata que estacionou na Rua Tuiuti e ao retornar não encontrou mais o veículo. Nenhum dos dois homens haviam sido alvo de roubo e furto de veículos antes. Ambos relataram a existência de câmeras de seguranças na rua que possam ajudar a identificar os responsáveis.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter