Três são presos com carga de carne avaliada em R$ 300 mil

Prisão aconteceu nesta segunda-feira em Americana e Limeira; trio é suspeito de receptação, contrabando e associação criminosa


Dois moradores de Americana e um de Santa Bárbara d’Oeste foram presos nesta segunda-feira (29) suspeitos de receptação, contrabando e associação criminosa. Policiais militares chegaram até o trio após informações de que uma carga de costura roubada na cidade de Tuiuti estaria em um barracão na Avenida Vitorino Arigone, no Jardim São Luiz, em Limeira.

Foto: Divulgação/Polícia Militar
Parte da carne roubada foi encontrada em uma casa no Jardim São Roque

No local, policiais da Força Tática se depararam com um desempregado de 33 anos, morador do Jardim Laranjeiras, em Santa Bárbara, e com um jovem de 18 anos, residente da Vila Inês, em Americana. Dentro do barracão, no interior de uma carreta, havia aproximadamente 25 toneladas de carnes avaliada em R$ 300 mil. A carga foi roubada no dia 26 de janeiro em um posto de combustível no município de Nova Granada, interior de São Paulo.

Policiais também apreenderam dois caminhões furtados em Jaguariúna e em Santa Bárbara d’Oeste. No local, foram informados de que uma Courier havia deixado o barracão momentos antes da chegada das viaturas, levando parte da carga. O veículo estava sendo monitorado por uma equipe de uma empresa de segurança, que apontou como destino uma residência na Avenida Tietê, no Jardim São Roque, em Americana.

No endereço, policiais militares da Força Tática de Americana se depararam com um comerciante de 38 anos, conhecido nos meios policiais pelo apelido de Ceará. Na casa dele, foi encontrado cerca de 60 quilos de carne do mesmo lote que foi apreendido no barracão de Limeira, além de duas espingardas de pressão, uma pistola, uma máquina industrial de solda e um conjunto de ar-condicionado de origem desconhecida.

Em uma residência vizinha, localizaram mais 90 quilos de carnes e uma grande quantidade de produtos supostamente furtados ou roubados, além de documentos no nome da esposa de Ceará. Tanto o comerciante como o desempregado e o jovem de 18 anos foram autuados em flagrante sob a suspeita de integrarem uma organização criminosa.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!