Professores recebem R$ 8 milhões em bônus

Secretaria Estadual de Educação informou que depositou nesta quinta-feira R$ 8 milhões em bônus aos servidores da educação na RPT


A Secretaria Estadual de Educação informou que depositou nesta quinta-feira R$ 8 milhões em bônus aos servidores da educação na RPT (Região do Polo Têxtil). Ao todo, cada um dos 5.082 funcionários das Diretorias de Ensino de Americana e Sumaré receberam em média R$ 1,6 mil extras.

O valor é calculado a partir das notas tiradas pelos alunos no Idesp (Índice de Desenvolvimento da Educação de São Paulo) e é destinado a professores do ensino médio e fundamental, diretores, agentes de organização e equipes técnicas das escolas e órgãos centrais.

“Para chegar ao valor individual, a secretaria considera se a unidade avançou, atingiu ou superou a meta estipulada para o período. Os servidores precisam ainda ter trabalhado, no mínimo, em dois terços do ano letivo”, explicou a pasta por meio de nota. No Estado os depósitos superaram a marca de R$ 46,6 milhões.

Foto: Arquivo / O Liberal
Secretaria Estadual de Educação informou que depositou nesta quinta-feira R$ 8 milhões em bônus aos servidores da educação na RPT

“Para quem atingiu 120% da meta o valor do pagamento é próximo a um salário. Já aqueles que alcançaram 100%, o valor aproximado é de 84%. Se não atingida a meta, é calculado o avanço da escola proporcional”, complementou a secretaria.

Criticado por parte do magistério, o programa de bônus anual por mérito foi defendido pela diretora regional de ensino de Sumaré, Dirceuza Biscola Pereira. “Como o bônus é pago em cima de metas propostas eu acho que impacta as escolas e elas tendem a melhorar. A ideia é que junto com a melhora nas avaliações, os professores também tenham melhor desempenho. É um valor esperado por todos”, declarou.

Este é o quarto ano consecutivo que a rede estadual teve crescimento no índice do Idesp. O ciclo alcançou na medição 2,30, contra os 2,25 registrados em 2015. A pontuação é a mais alta desde 2008, quando a secretaria adotou o indicador de qualidade da educação paulista.