Mais três cidades entram no Consimares

Objetivo do consórcio é buscar destino correto para resíduos e fomentar diálogo


Foto: Divulgação
Reunião definiu a entrada de Piracicaba, Rio das Pedras e Saltinho

O Consimares (Consórcio Intermunicipal de Manejo de Resíduos Sólidos) aprovou a entrada de três novos municípios. Piracicaba, Rio das Pedras e Saltinho serão integradas ao consórcio, que já é formado por Nova Odessa, Santa Bárbara d’Oeste, Hortolândia, Sumaré Monte Mor, Elias Fausto e Capivari, totalizando dez municípios associados.

A inserção dos municípios foi aprovada em reunião extraordinária realizada em Santa Bárbara d’Oeste e que contou com presença do chefe do Executivo de Nova Odessa e presidente do Consimares, Benjamim Bill Vieira de Souza, e dos prefeitos Denis Andia (Santa Bárbara d’Oeste), Rodrigo Abdala Proença (Capivari) e Rogério Maluf (Monte Mor). A cidade de Sumaré foi representada pelo chefe de gabinete Walter Lucas.

Referência na gestão intermunicipal de resíduos, o Consimares desenvolve uma série de projetos nas cidades consorciadas com objetivo de promover o descarte correto dos resíduos sólidos e fomentar o diálogo entre os gestores públicos, incentivando as iniciativas voltadas para a sustentabilidade no Brasil.

“A chegada dos novos municípios fortalece o consórcio. As cidades estão conurbadas e precisamos pensar em ações conjuntas. Acredito que estes três municípios têm muito a somar”, afirmou o prefeito Bill Vieira.

Superintendente do Consimares, o engenheiro agrônomo Valdemir Aparecido Ravagnani explicou que os três municípios devem, agora, aprovar legislação própria autorizando a participação no consórcio. “Eles já receberam os termos de adesão e minuta dos projetos para o andamento dos trâmites burocráticos”, explicou o profissional.

Além da inserção das novas cidades ao consórcio, os prefeitos também aprovaram a revisão do Plano Intermunicipal de Manejo de Resíduos Sólidos. “O plano atual é de 2013 e necessita de uma atualização. Os técnicos dos municípios que compõem o Consimares vão se reunir para discutir como esta atualização será feita”, disse Ravagnani.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter