Chuva deixa Americana e N.Odessa em estado de atenção

As Defesas Civis informaram que monitoram o Ribeirão Quilombo, mas que o nível já está sendo normalizado


Duas cidades da região entraram em estado de atenção por conta das chuvas registradas ao longo do final de semana. Segundo a Defesa Civil da RMC (Região Metropolitana de Campinas), Americana e Nova Odessa registraram mais de 80 mm de chuva nas últimas 72 horas. As Defesas Civis dessas cidades informaram que monitoram o Ribeirão Quilombo, mas que o nível já está sendo normalizado.

Segundo o boletim regional divulgado pela Defesa Civil nesta terça-feira, Nova Odessa registrou 89 mm de chuva nas últimas 72 horas. Em Americana choveu 85,2 mm no mesmo período. Houve queda de árvores e pontos de alagamentos nos dois municípios. As demais cidades não atingiram a marca de 80 mm e seguem apenas em estado de observação.

Foto: Marcelo Rocha / O Liberal
Nova Odessa registrou 89 mm de chuva nas últimas 72 horas

O coordenador da Defesa Civil de Nova Odessa, Paulo Bichof, disse que o nível do Quilombo subiu um metro e meio ao longo do final de semana. Contudo, desde segunda-feira, com a interrupção das chuvas, ele vem diminuindo e já desceu um metro. “Ele subiu, mas não extravasou, está um pouco acima do normal, mas não há riscos”, afirmou.

A reportagem do Grupo Liberal esteve nas represas da cidade e constatou que elas recuperaram parte do nível com as chuvas. Em novembro, a Coden (Companhia de Desenvolvimento de Nova Odessa) havia informado que os sistemas operavam com apenas 54% da capacidade. Em Americana, a Defesa Civil também monitora o Quilombo, mas informou que o nível está fora de perigo no momento.

A previsão do tempo do Cepagri (Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura) é que as condições de chuvas se mantenham nesta quarta-feira, com temporais localizados nos finais de tarde.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter