Atendimento nas agências do INSS volta a ser realizado

Unidades em Sumaré, Mogi Guaçu, Mogi Mirim e Campinas tiveram parte dos serviços comprometida por conta de ataque hacker na última sexta


Foto: Arquivo / O Liberal
Agência de Sumaré sofreu ataques e atendimento a segurados teve de ser suspenso

O atendimento nas agências do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) da região de Campinas voltou ao normal após instabilidade no sistema na quarta-feira. Quatro unidades localizadas nas cidades de Sumaré, Mogi Guaçu, Mogi Mirim e Campinas tiveram parte dos serviços comprometida por conta de uma falha provocada pelo ataque hacker sofrido na última sexta-feira.

De acordo com o INSS, a instabilidade no sistema fez com que os serviços agendados – pedido de aposentadorias, auxílios e pensões – fossem suspensos. Por meio de nota, o órgão informou que a oscilação foi provocada pela necessidade de atualização dos microcomputadores, o que causou um congestionamento da rede por excesso de circulação de dados.

O diretor da Delegacia Regional do Sinsprev (Sindicato dos Trabalhadores em Saúde e Previdência Social no Estado de São Paulo), Cristiano dos Santos Machado, afirmou nesta quinta-feira que o atendimento foi regularizado. “Não recebemos reclamação de nenhuma agência”, disse.

Liberal Motors – BC

O ciberataque realizado na última sexta-feira afetou empresas privadas e instituições governamentais em diversas partes do mundo, mas não trouxe prejuízos muito significativos ao Brasil.

De acordo com o diretor do Sinssp (Sindicato dos Trabalhadores do Seguro Social e Previdência Social do Estado de São Paulo), Pedro Luis Totti, desde segunda-feira os sistemas estão lentos e instáveis. “Estamos conseguindo atender, embora com mais lentidão, ocasionando atrasos pontuais”.

Os segurados que procuraram as agências afetadas na última quarta-feira, foram orientados a retornar na próxima semana, segundo o INSS.