Plano Municipal de Turismo é aprovado em N.Odessa

Projeto que traz as diretrizes para os próximos anos no setor foi aprovado na Câmara Municipal de Nova Odessa


Foto: Divulgação
Jardim Botânico Plantarum é uma das atrações turísticas de Nova Odessa

Com a participação do poder público e da sociedade civil, Nova Odessa tem agora um Plano Municipal de Turismo (PMT). O documento foi elaborado com auxílio da Diretoria de Cultura e Turismo, sendo aprovado na sessão da Câmara do dia 11 de dezembro. São as diretrizes do setor para os próximos 10 anos, com previsão de ser atualizadas a cada triênio. O projeto aguarda sanção do prefeito Benjamim Bill Vieira de Souza, autor oficial da proposta, para se tornar lei e entrar em vigor.

Diretor de Cultura e Turismo, Cícero Edno cita que o processo foi intersetorial, para confeccionar o documento com participação da sociedade e garantindo o direcionamento da política pública no município, independente de quem esteja na governança. “São ações e metas a partir das diretrizes estabelecidas. Com a consulta da população e junto do Conselho Municipal de Turismo”, explica.

De acordo com o dirigente, o PMT é um marco para o setor. O planejamento contido no documento é para uma década, com obrigação de atualização a cada três anos.

Documento

O Plano traz um resgate histórico do município, desde a sua fundação, iniciada com os ramais de trem ainda na década de 1870. Em seguida, descreve a formação do território, ainda como núcleo colonial, passando pela imigração europeia. Traz ainda as principais vias de acesso e os aspectos populacionais, socioeconômicos, educacionais, culturais, desportivos e turísticos.

“A ideia é promover Nova Odessa com ações de fortalecimento e cooperação, com estruturação de produtos e serviços de forma sustentável, para atrair o turista, desenvolver a economia e valorizar a comunidade”, descreve Cícero Edno.

Nova Odessa faz parte do chamado ‘Circuito Turístico de Ciência e Tecnologia’, tendo como principais pontos turísticos o Instituto de Zootecnia, o Jardim Botânico Plantarum, as Estações de Tratamento de Água e Esgoto, as Represas, o Centro de Cultura Herman Jankovitz, a Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores e a 1ª Igreja Batista, na histórica região da Fazenda Velha.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!