Motorista adultera placa e tenta atropelar diretor de trânsito de NO

Motoristas de caminhões foram abordados por adulterar placas para evitar multas; durante a fuga, um deles ameaçou atropelar Franco Julio Felippe


O diretor de Segurança de Trânsito de Nova Odessa, Franco Julio Felippe, precisou pular para evitar ser atropelado por uma carreta na manhã desta quarta-feira, no Centro da cidade. O caso ocorreu quando ele, na companhia de outros agentes de trânsito, abordou três caminhões que haviam colocado adesivos nas placas dos veículos para evitar multas no sistema de monitoramento do município. Após a tentativa de atropelamento, houve perseguição, que só terminou em Piracicaba.

Foto: Prefeitura de Nova Odessa / Divulgação
As placas das carretas foram adesivadas no Jardim Picerno, em Sumaré, e um agente de trânsito de Nova Odessa flagrou a ação

De acordo com o relato de Felippe, as placas das carretas foram adesivadas no Jardim Picerno, em Sumaré, e um agente de trânsito de Nova Odessa flagrou a ação. Os caminhões foram abordados no Centro da cidade.

“No que abordamos eles ali, já confessaram de pronto que tinham colocado o adesivo para evitar multa. Falamos que íamos chamar a guarda para apresentar na delegacia por adulteração da placa, mas o primeiro jogou o caminhão em cima da viatura, e eu parei na frente da segunda carreta, pedi para ele parar, mas ele acelerou, quase passou em cima de mim e eu pulei”, contou o diretor.

Após a fuga, os motoristas seguiram em direção à Rodovia Anhanguera (SP-330), e depois pegaram a Rodovia Luiz de Queiroz (SP-304), em direção a Piracicaba. As guardas municipais de Nova Odessa e Americana ajudaram na perseguição, que só terminou em Piracicaba com a detenção dos suspeitos.

Até as 11h30, a ocorrência ainda não havia sido apresentada na Polícia Civil e seguia em andamento.