Homem morre baleado em posto de combustível de Nova Odessa

Vítima foi buscar o veículo que estava no lava-jato do posto, quando foi abordado por duas pessoas em uma motocicleta


Um homem morreu baleado em um posto de combustível em frente ao IZ (Instituto de Zootecnia) de Nova Odessa, neste sábado. O crime, que tem indícios de execução, ocorreu por volta das 13h. Mais de 10 tiros foram disparados pelo garupa de uma moto. Um deles acertou um homem que seria funcionário do estabelecimento.

O local do assassinato fica no cruzamento das ruas Rio Branco e Heitor Penteado, na região central de Nova Odessa, que estava cheia no momento do crime pelo movimento do Dia dos Pais.

Segundo informações de testemunhas ouvidas pelo LIBERAL, a vítima, identificada pela polícia como José Ricardo Bastos Bebber, de 48 anos, havia chegado ao local por volta das 12h. O homem levou seu veículo – um utilitário – para ser lavado em um lava-jato anexo ao posto de combustível e, depois, o deixou estacionado próximo à loja de conveniência do local.

Foto: João Carlos Nascimento - O Liberal
Peritos analisam disparos feitos contra carro onde a vítima estava

O homem teria saído a pé para caminhar com um amigo e retornou por volta das 13h. Ao entrar no carro, duas pessoas em uma moto se aproximaram. O garupa disparou várias vezes contra o homem, que morreu no local. Os criminosos fugiram pela Rua Rio Branco, no Centro.

Peritos do Instituto de Criminalística estiveram no posto logo após o crime. Segundo o LIBERAL observou, eles encontraram pelo menos 14 cápsulas deflagradas, que se espalharam próximo ao carro, no chão.

O funcionário do posto levou um tiro no braço e foi encaminhado para uma unidade de saúde, segundo testemunhas. Familiares do homem que foi assassinado estiveram no local do crime, mas preferiram não comentar a morte.

A loja de conveniência do posto, próxima a onde o carro estava estacionado, possui câmeras de segurança, segundo o LIBERAL apurou. As imagens podem servir para as investigações da Polícia Civil, para tentar descobrir a identidade dos assassinos.

Mortes. Este é o segundo assassinato registrado em Nova Odessa neste ano, segundo as estatísticas da SSP (Secretaria Estadual da Segurança Pública). No ano passado, foram três mortes.

Em abril deste ano, um homem de 52 anos foi encontrado morto ao lado de um carro carbonizado próximo à Represa 2, na região da Fazenda Velha. Quatro pessoas foram presas acusadas de matar e torturar a vítima, identificada como Jesse Souda. Na época das prisões, os suspeitos disseram que mataram porque Souda teria abusado sexualmente de uma criança.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter