Em Nova Odessa, SUS registra nascimento de ‘um bebê por dia’

Entre janeiro e abril foram registrados 121 partos na maternidade do Hospital Municipal Doutor Acílio Carreon Garcia


Foto: Prefeitura de Nova Odessa / Divulgação
Isabelle Valentina foi a primeira criança a nascer em Nova Odessa neste ano, em 3 de janeiro

Nos primeiros quatro meses de 2017 nasceu um bebê por dia, em média, na rede pública de Nova Odessa. O número foi divulgado pela Secretaria de Saúde nesta sexta-feira, após finalizado o balanço estatístico do quadrimestre.

Entre janeiro e abril foram registrados 121 partos na maternidade do Hospital Municipal Doutor Acílio Carreon Garcia, frente os 96 registrados no ano passado, no mesmo período. O aumento percentual de nascimentos de um ano para o outro ultrapassa os 26%.

“Recebemos muitos novos pacientes, principalmente a partir do segundo semestre do ano passado. Isso pode ser reflexo da situação econômica do país, que fez muitas pessoas migrarem para a rede pública, assim como ao crescimento da população de Nova Odessa”, comentou o secretário de Saúde, Vanderlei Cocato, por meio da assessoria de imprensa.

“Vale ressaltar também que nestes primeiros quatro meses, não registramos nenhuma morte de crianças de 0 a 11 meses. O parto é sempre uma situação delicada e muitas vezes acontece o nascimento prematuro ou outras complicações que colocam em risco a vida de mãe e filho. Mas nossa equipe tem se dedicado”, pontuou.

Do total de nascimentos neste ano, 63 foram de meninas e 58 de meninos. Também 43 partos foram normais e 78 cesarianas. “Embora seja um acontecimento natural, o parto é sempre um procedimento médico delicado. Se nossos ginecologistas e obstetras avaliaram que, neste período, houve maior necessidade de cesariana, isso é uma decisão médica, que tem que ser tomada muitas vezes em poucos minutos”, finalizou Cocato.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter