Projeto Pernas de Aluguel busca voluntários

Ação consiste em transportar pessoas com deficiência física e intelectual em triciclos adaptados; interessados podem se candidatar até 17 de maio


A Prefeitura de Hortolândia está em busca de voluntários para o programa Pernas de Aluguel, que será lançado em maio no município. Quem gosta de corrida e caminhada pode se candidatar para a ação, que consiste em transportar pessoas com deficiência física e intelectual em triciclos adaptados, durante treinos e eventos esportivos. Os participantes serão monitorados durante treinos semanais, numa ação de inclusão esportiva e promoção à saúde.

Para participar, basta entrar em contato os organizadores pelo telefone (19) 98612-0132, ou através da página do projeto no Facebook. É possível se candidatar para o programa até o dia 17 de maio, para que a coordenação do Pernas de Aluguel tenha tempo de preparar os voluntários para o lançamento do programa. O evento, agendado para 28 de maio, fará parte das ações em comemoração ao 26º aniversário de Hortolândia.

Foto: Imprensa/Divulgação
“A alegria de fazer parte desse projeto, de ver a emoção de cada criança em participar da atividade, é indescritível”, afirma Cristiane, que também é voluntária da ação

De acordo com a coordenadora do projeto no município, a chefe do Setor de Avaliação Controle e Informação da Secretaria de Saúde, Cristiane Rocha, não há limites para quantidade de voluntários nem de pessoas a serem transportadas nos treinos e corridas. “Podemos atuar em esquema de rodízio, com diversos voluntários transportando uma única pessoa, e também com triciclos sendo utilizados por mais de um deficiente. Temos capacidade de atender a todos que queiram participar”, enfatizou. Para os treinos, que serão realizados aos sábados, o projeto contará com 18 triciclos adaptados, espécie de cadeira de rodas especial para as provas, cedidas pela equipe Pernas de Aluguel de Campinas.

Para viabilizar o projeto, a Secretaria de Saúde fez uma parceria com o Cier (Centro Integral de Educação e Reabilitação) Romildo Pardini, que encaminhará alunos com deficiência para os treinos e provas oficiais.