Prefeitura licita obra de cabeceira da Ponte Estaiada

Quando entrar em operação, a ponte vai integrar as regiões leste e oeste da cidade e integrar o Corredor Metropolitano Noroeste


A Prefeitura de Hortolândia informou que iniciará a construção de um dos acesso à Ponte Estaiada no próximo semestre. Por meio da Secretaria de Obras, a prefeitura publicou a licitação para contratar empresa responsável pela construção da cabeceira da ponte, na extremidade localizada no Jardim Santa Rita de Cássia. O prazo para que a licitação seja concluída é de cerca de 90 dias e a execução da obra será realizada em seis meses. A previsão é que os trabalhos estejam concluídos no início do próximo ano. A construção do acesso na outra extremidade, na região do Jardim Novo Ângulo, é responsabilidade da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos).

A obra de acesso que cabe ao município está orçada em R$ 3,305 milhões. “A cabeceira consiste em uma rampa de cerca de 84 metros, desde a rua José João da Silva, até a base da ponte. A estrutura terá, nas laterais, ciclovia e calçamento para travessia de pedestres”, explicou o secretário de Obras e Serviços Urbanos, Sérgio Torrecilas.

Foto: Imprensa/Divulgação
A construção do acesso na outra extremidade, na região do Jardim Novo Ângulo, é responsabilidade da EMTU

A construção da Ponte Estaiada, iniciada em 2012, na gestão anterior do prefeito Angelo Perugini, é uma contrapartida do município às obras do Corredor Metropolitano Noroeste “Vereador Biléo Soares”, intervenção regional de responsabilidade do Governo Estadual. Para a ponte entrar em operação é preciso construir acessos para viabilizar o trânsito de veículos. Com a licitação da obra da cabeceira em uma das extremidades, a Administração aguarda a continuidade das ações do Estado na implantação do Corredor Metropolitano, incluindo o outro acesso à Ponte, para que a estrutura seja interligada ao sistema viário.

Ponte Estaiada

A Ponte Estaiada está localizada entre o Jardim Santa Rita de Cássia e o Jardim Novo Ângulo. Quando entrar em operação, vai integrar as regiões leste e oeste da cidade. Além de ser cartão postal do município, a estrutura evitará que o trânsito que seguirá pelo Corredor Metropolitano entre em conflito com o tráfego local.

A ponte tem 700 metros de extensão, 16,9 metros de largura e 75 metros de altura. O eixo de integração começa na rua João José da Silva, no Jardim Santa Rita de Cássia, e faz interligação com a Avenida Projetada, no Jardim Nova América, na região do Jardim Novo Ângulo. A estrutura de sustentação é formada por 16 cabos de aço, os estais, fixados na base e no mastro da ponte.