Hortolândia voltará a ter radar em junho

A cidade não dispõe deste serviço desde dezembro de 2013, quando o contrato com a empresa responsável foi encerrado


Hortolândia voltará a contar com fiscalização eletrônica no trânsito em junho, conforme previsão do secretário de Mobilidade Urbana, Atílio André Pereira. A cidade não dispõe deste serviço desde dezembro de 2013, quando o contrato com a empresa responsável foi encerrado, de acordo com a prefeitura.

O prefeito Angelo Perugini (PDT) contou que a licitação para contratação de nova empresa ainda precisa de aprovação do TCE (Tribunal de Contas do Estado de São Paulo).

Segundo o secretário de Mobilidade Urbana, dez radares de velocidade serão instalados, mais dez equipamentos para fiscalizar avanço de sinal vermelho e duas lombadas eletrônicas. Em um segundo momento, a cidade também terá radares móveis. “Estamos otimistas de que a reativação dos radares e as outras ações previstas vão reduzir em 20% o número de acidentes”, explicou o secretário da pasta.

Segundo ele, uma das vias que terão radar é a Avenida Santana, onde houve 139 acidentes no ano passado.

Nesta semana, a prefeitura anunciou investimentos de R$ 250 milhões no trânsito de Hortolândia. Uma das mudanças será a construção de um viaduto sobre a linha férrea, na região central do município. O governo Perugini apontou que os trabalhos devem começar entre maio e junho.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!