Vigilante de 47 anos reage a assalto e é morto a tiros

José Maria Ramos Martins foi baleado e não resistiu aos ferimentos; dois dos bandidos envolvidos foram detidos pela Guarda Municipal de Hortolândia


Um homem identificado como José Maria Ramos Martins, de 47 anos, morreu na noite do sábado (14) após reagir a uma tentativa de roubo e ser baleado no Centro de Hortolândia, nas proximidades de um shopping center. Dois dos três envolvidos no crime foram detidos.

De acordo com informações da Guarda Municipal de Hortolândia, o homem, que seria um vigilante morador do Jardim Ipiranga, em Sumaré, havia estacionado nas proximidades do shopping, quando desceu do carro e foi abordado por três indivíduos, sendo que pelo menos um deles estava armado. A vítima reagiu à tentativa de roubo e levou dois tiros, sendo que ao menos um a atingiu na região do tórax.

Foto: Guarda Municipal de Hortolândia / Divulgação
Revólver foi apreendido com criminosos envolvidos no latrocínio

Patrulheiros da Guarda Municipal de Hortolândia realizavam ronda pelas imediações e ouviram os tiros, indo em direção ao local. Eles viram os suspeitos, mas priorizaram o resgate à vítima, que foi levada consciente para o Hospital Mário Covas. No entanto, durante procedimento cirúrgico o homem acabou não resistindo e morreu.

Enquanto o resgate era realizado, os patrulheiros foram atrás dos suspeitos e detiveram dois deles. Com eles os guardas não encontraram nada ilícito, mas acharam escondido em uma lanchonete ao lado do local do crime um revólver calibre 38 com munições.

Um dos rapazes detidos confessou a propriedade da arma e admitiu ter sido o autor dos disparos contra o vigilante. Eles foram autuados por latrocínio e receptação, já que a arma utilizado havia sido roubada de uma empresa de segurança. O terceiro criminoso ainda não havia sido preso neste domingo, mas foi identificado pelas autoridades e estava sendo procurado pela polícia.

Sepultamento

A funerária responsável pelos cerimoniais afirmou que o velório de José Maria teria início às 18h deste domingo e que o enterro está marcado para 13h45 desta segunda-feira (16), no Cemitério da Saudade, em Sumaré.

Outro caso

Este é o segundo caso de latrocínio registrado na RPT (Região do Polo Têxtil) em menos de 15 dias. No dia 2 deste mês, o eletricista Sidney Claro Araújo, de 29 anos, foi morto com um tiro ao tentar ajudar a cunhada durante um assalto, no Jardim Esmeralda, em Santa Bárbara.

Após investigação, os dois criminosos envolvidos no crime acabaram presos temporariamente pela Polícia Civil de Santa Bárbara e aguardam detidos a finalização do caso, para que então possam responder pelo crime de latrocínio.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!