Convênio garante verba para reforma do Mário Covas

Dinheiro será investido na troca do telhado e adequação da fachada


A Prefeitura de Hortolândia e o governo federal firmaram convênio para liberação de recursos financeiros destinados à reforma do Hospital Municipal Governador Mário Covas. Aproximadamente R$ 2,5 milhões, provenientes de emenda parlamentar da deputada federal Ana Perugini (PT), serão investidos na troca do telhado e adequação da fachada.

O prefeito Angelo Perugini (PDT) formalizou o documento no final do ano passado. Com a assinatura do convênio junto à Caixa Econômica Federal, o montante está garantido. Agora, a Prefeitura prepara projeto básico e orçamentos para a obra. A documentação será analisada pela instituição financeira para que o município possa licitar o serviço.

Foto: Arquivo/O Liberal
Dinheiro será investido na troca do telhado e adequação da fachada

De acordo com a Secretaria de Obras e Serviços Urbanos, estes documentos serão protocolados na Caixa em fevereiro. A partir da aprovação, a Prefeitura estima que a licitação aconteça em seis meses. A obra tem prazo de execução de 12 meses. Para a garantia do investimento, o Ministério da Saúde aprovou a documentação prévia para o convênio, dando parecer favorável em todos os quesitos, inclusive engenharia.

O projeto prevê troca de toda estrutura metálica que sustenta o telhado do hospital, substituição das telhas de fibrocimento por telhas galvanizadas com isolamento térmico, além da implantação de calhas e condutores para escoamento da água da chuva. A obra é necessária uma vez que o Hospital nunca teve a estrutura de cobertura reformada, em cerca de 15 anos de funcionamento, o que causa constantes problemas de infiltração e goteiras.

Na fachada, o projeto contempla a instalação de revestimento nas paredes externas, recuperando o visual desgastado pelo tempo. O material de forração que será implantado é composto por lâminas de alumínio fosco, aplicado sobre as pastilhas. Além de proporcionar conforto técnico, o material tem alta resistência e promove amortecimento acústico, diminuindo o impacto de ruídos externos.

“O hospital passa por uma reestruturação, com investimentos tanto na qualidade do atendimento quanto na melhoria das instalações. Esta reforma é uma das etapas do novo modelo de gestão da unidade de saúde. Estamos cuidando do hospital, para que ele ofereça melhores condições de atender a nossa população”, afirma o prefeito.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!