Artistas do tablado levam Hortolândia a todo o Brasil

O teatro tem sido a principal referência da produção cultural de Hortolândia para “fora” da cidade


Foto: Divulgação
Grupos amadores fazem trabalho de destaque na cultura da cidade

Conforme destaca Juraci Moreira, coordenador de projetos das companhias teatrais São Genésio e Casa de Joana, na última década, a principal referência da produção cultural de Hortolândia para “fora” tem sido o teatro, em especial em função de grupos cênicos em atividade na cidade.

Entre as criações de destaque da Casa de Joana está a Mostra Nacional de Teatro de Hortolândia, batizada “Na Lona”. No ano passado, o evento ocorreu em sua sexta edição, não só no Centro Cultural sede da companhia anfitriã da mostra, mas também em escolas, no Centro da cidade e na feira do bairro Jardim Amanda.

A programação do último “Na Lona”, composta por 14 espetáculos, foi gratuita e atendeu ao público infantil e adulto, com atrações de companhias da capital paulista e do interior de São Paulo, e também dos estados Santa Catarina, Paraná e Rio de Janeiro. “A realização da mostra trouxe a cidade grupos de todo o Brasil e exterior, destacando ainda mais essa referência teatral”, enfatiza Moreira.

Liberal Motors – BC

Uma promessa antiga da administração da cidade para os fazedores de teatro deve se concretizar em 2017. Com a inauguração do Setor Cultural Arlindo Zadi, no Jardim Amanda, previsto para julho, a cidade terá o seu primeiro teatro municipal, com capacidade para 300 pessoas. “Esse espaço está em processo de inauguração, porque as obras estão praticamente entregues, só estamos readequando melhor o palco do teatro”, promete o secretário de Cultura e Esportes, Francisco Raimundo da Silva.