Vítima de atropelamento é transferida para hospital de Sumaré

Marta Maria Teixeira Crepaldi, de 52 anos foi atingida por van escolar junto com o casal Claudecir e Maria Aparecida, que não resistiu aos ferimentos


A comerciante Marta Maria Teixeira Crepaldi, de 52 anos, atropelada por uma van escolar na última quarta-feira (25), no Jardim Terramérica, em Americana, foi transferida para o Hospital Estadual de Sumaré Dr. Leandro Franceschini. Ela estava internada no Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi. A transferência aconteceu na tarde desta quinta-feira.

Foto: Rogério Verzignasse / O Liberal
Vítimas foram atingidas por uma van escolar enquanto caminhavam

De acordo com a assessoria de imprensa do Hospital Estadual de Sumaré, a paciente está estável, consciente e aguarda avaliação neurológica. Segundo a Prefeitura de Americana, apesar de não ter tido nenhuma fratura, a comerciante apresentou uma lesão axional difusa (pequeno sangramento no crânio).

Marta e o casal Claudecir Valdonito Mendes, de 65 anos, e Maria Aparecida Martinelli Mendes, de 61 anos, faziam caminhada pela Avenida Padre Oswaldo Vieira de Andrade, quando foram atingidos por uma van escolar. O casal não resistiu aos ferimentos e morreu.

O acidente aconteceu por volta das 8 horas. As vítimas teriam descido da calçada para desviar de uma palmeira e acabaram sendo atropeladas pela van conduzida pelo motorista Antonio Castelani, de 75 anos. Dentro do veículo, havia cinco universitários. Tanto o condutor da van como os alunos saíram ilesos do acidente.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter