Servidores de Americana votam a favor de novas greves

Uma assembleia setorial foi realizada ao longo de novembro e 1.329 decidiram por continuar o movimento grevista em caso de novos parcelamentos


Os servidores municipais de Americana, em assembleia setorial, autorizaram o SSPMA (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Americana) a convocar greve novamente em caso de novo atraso salarial na administração nos próximos meses. Uma assembleia setorial realizada com 2.238 trabalhadores de diversos setores foi realizada ao longo de novembro e 1.329 decidiram por continuar o movimento grevista em caso de novos parcelamentos.

Segundo a direção do SSPMA, o placar final foi de 1.329 favoráveis à greve e 887 contrários. Vinte e dois ainda foram às urnas para votar em branco. A assembleia setorial consulta todos os departamentos e repartições da prefeitura. A pergunta do sindicato era se a entidade de classe estava autorizada a convocar greve caso os salários não sejam pagos em dia.

Desde junho deste ano a prefeitura vem pagando o salário em parcelas e, por conta disso, os servidores tiveram greves em todo o segundo semestre. Novembro foi a única exceção, pois o SSPMA decidiu realizar nova consulta dos setores.

Durante o período de greves deste ano, o sindicato obteve liminar para que os trabalhadores recebessem o salário de forma integral; por outro lado, o Executivo também obteve posição judicial para que 80% dos trabalhadores por setor se mantivessem atuando. Nenhuma das duas decisões foi atendida.

A prefeitura vem alegando problemas financeiros para os atrasos. Desde junho, os parcelamentos vêm sendo anunciados para todo o segundo semestre. Os pagamentos foram feitos em três parcelas, exceto por novembro, quando o Executivo quitou em quatro parcelas.