Rodada de Negócios aproxima empresas

Evento promovido pela Acia agiliza contratos entre fornecedores e compradores dos mais diversos ramos de atuação em Americana


Vídeo:

Empresários de Americana participaram nesta terça-feira (12) da 13ª edição da Rodada de Negócios da Acia (Associação Comercial e Industrial de Americana), evento que cresce a cada ano e representa uma oportunidade imperdível de negócios.

Nada menos que 76 empresas marcaram presença na atual edição, em evento no Espaço Le Blanc. Trata-se de um modelo de prospecção de clientes que envolve prestadoras de serviço dos mais diversos portes e ramos de atuação.

Na dinâmica, a cada rodada o representante da sua empresa esteve em uma mesa diferente, apresentando produtos e serviços para novos empresários. A troca de cartões e foulders serviram de prenúncio para centenas de contratos de compra e venda, que podem ser fechados a partir de agora, pois cada uma conheceu seus potenciais parceiros comerciais.

Foto: João Carlos Nascimento / O Liberal
Rodada de Negócios foi realizada pela Acia nesta terça-feira

Nesta edição, 12 grandes corporações – dos mais diversos setores – tinham assento fixo em uma mesa, e podiam conhecer o portfólio de serviços prestados pelas empresas menores.

No momento em que o sinal sonoro era acionado, havia o rodízio nas cadeiras e todos tinham a chance de conhecer e se tornar conhecidos. O LIBERAL, como nas edições anteriores, foi um dos patrocinadores da Rodada de Negócios.

Chance de se apresentar

Segundo Marcelo Antonio Fernandes, diretor-coordenador do DEPS (Departamento de Empresas Prestadoras de Serviço) da Acia, o evento estimula parcerias e forma redes de relacionamento que se intensificam.

“Em um único dia é possível fechar negócios que demorariam meses. Conseguimos aproximar empresas de diferentes portes. Um pequeno fornecedor, por exemplo, teria muita dificuldade para se apresentar, para oferecer serviços ao grande comprador. Na Rodada, isso é possível”, disse.

Dimas Zulian, presidente da Acia, resumiu: “Incentivamos os negócios entre empresas inciantes ou estáveis no mercado”, afirmou. “É uma dinâmica onde o empresário tem a chance de falar, de mostrar sua empresa”.

Quem participou das edições anteriores fez questão de marcar presença outra vez. “Estamos aqui pelo terceiro ano consecutivo. É um evento que abre portas, é certeza de bons negócios”, disse Vanderlei Barufaldi, presidente da cooperativa de crédito Sicoob / Acicred.

Os novatos também estavam entusiasmados. Caso de Ricardo de Leon, dono de uma empresa fornecedora de comida mexicana. “Temos cozinha industrial, investimos nas refeições transportadas e só hoje tenho a chance de apresentar meus produtos a 75 potenciais compradores”, falou.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter