Abastecimento deve ser normalizado até esta madrugada

Houve oscilações no fornecimento de energia elétrica, e para evitar danos aos equipamentos a autarquia interrompeu o bombeamento de água


Foto: Divulgação
Moradores relataram terem recebido água barrenta nesta terça

O fornecimento de água em Americana, prejudicado desde o início da manhã por problemas elétricos, será retomado entre a noite desta terça-feira (19) e a madrugada de quarta-feira (20), segundo o DAE (Departamento de Água e Esgoto). Houve oscilações no fornecimento de energia elétrica, e para evitar danos aos equipamentos a autarquia interrompeu o bombeamento de água. Todos os reservatórios tiveram seus níveis reduzidos nesta terça.

O DAE informou que o bombeamento foi normalizado no início da tarde e que várias manobras foram realizadas. “No momento, alguns reservatórios ainda se encontram com o nível bem abaixo do normal e o abastecimento em algumas regiões ficará prejudicado até a noite desta terça-feira, podendo se estender até a madrugada desta quarta-feira, como é o caso do Reservatório da Praia Azul (R-14), devido a um problema ocorrido no último sábado.

O DAE, por meio do sistema de telemetria, controlará todos os níveis dos reservatórios e não medirá esforços para que o abastecimento se restabeleça o mais breve possível” garantiu a autarquia.

A CPFL (Companhia Paulista de Força e Luz) disse que “houve uma interrupção no fornecimento de energia no Departamento de Água e Esgoto de Americana entre as 10h e 11:45h desta terça-feira (19), devido à um cabo de energia partido, cuja causa está sendo investigada”.

TRANSTORNO. A enfermeira Cinthia Barbosa reclamou que as torneiras ficaram secas na manhã de hoje na residência de sua mãe, no bairro Jardim Colina. Por volta do meio-dia, quando o abastecimento retornou, a água estava barrenta. “A água vem suja com frequência, mesmo em dias que não tem problema de falta de água”, reclamou Cinthia.

No Jardim São Roque, Douglas Vendramini também reclamou que a água saiu com aparência de suja na tarde desta terça-feira. Ele ainda relatou um vazamento na rua em que mora, que já dura mais de um mês.

O DAE disse que coloração na água é um problema “mais fácil de ocorrer” quando há problema no abastecimento, mas que os casos seriam averiguados.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!