Desempregado pode receber passe livre para andar de ônibus

Beneficiário teria direito a quatro viagens por dia, de segunda à sexta-feira, das 6 às 20 horas, durante o período de 90 dias corridos


O vereador Vagner Malheiros (PDT) protocolou na Câmara de Americana um projeto de lei que autoriza a prefeitura a criar o “Passe Livre Desempregado”, para permitir que moradores da cidade que estão buscando trabalho possam utilizar o transporte público municipal para entregar currículos e ir a entrevistas de emprego. O autor da proposta, que ainda vai tramitar nas comissões da casa antes de ser votada, relatou que teve a ideia diante da própria experiência de vida.

De acordo com a proposta, o passe livre seria fornecido a novos trabalhadores ou a pessoas que foram demitidas sem justa causa. O beneficiário teria direito a quatro viagens por dia, de segunda à sexta-feira, das 6 às 20 horas, durante o período de 90 dias corridos. Segundo Malheiros, o objetivo é auxiliar nas despesas de locomoção de pessoas que estão à procura de um emprego e, muitas vezes, não possuem condições de arcar com as passagens de ônibus.

Hoje vereador, e ex-conselheiro tutelar relatou que teve a ideia porque lidou com o desemprego e a dificuldade em busca de trabalho. “Eu já estive em situação de desemprego durante dois anos, e por várias vezes eu ia fazer a entrega do currículo em longas distâncias e andava a pé. A ideia vem desse momento difícil que vivi na minha vida. Pensei em ajudar essas pessoas, para que elas não fiquem limitadas a procurar emprego em locais próximos e podem assim tentar mais longe de casa”, afirmou o vereador.

O projeto estipula que para ter direito ao benefício o usuário deverá comprovar residência no município há mais de um ano e a ausência de vínculo empregatício. Não terão direito pessoas que estiverem recebendo seguro-desemprego.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter