Comissão pede tarifa de ônibus abaixo de R$ 4,20

VPT que é a responsável pelo serviço na cidade alega que o valor se encontra defasado, diante de aumentos dos combustíveis, além de veículos e pneus


A Comissão Tarifária formada por representantes dos poderes Executivo e Legislativo, em conjunto com representantes da população e da VPT (Viação Princesa Tecelã), se reuniu nesta quinta-feira para discutir o valor da passagem do transporte urbano de Americana, e apresentou ao prefeito Omar Najar (PMDB) um valor inferior ao que havia sido solicitado inicialmente pela viação, de R$ 4,67. O preço exato não foi divulgado, mas o LIBERAL apurou que ficou abaixo dos R$ 4,20. Omar ainda não tomou a decisão.

A tarifa atual é de R$ 3,50, e foi reajustada no final de junho de 2016. Agora, a VPT alega que o valor está defasado, diante de aumentos nos combustíveis, veículos e pneus. No dia 2 de janeiro, a empresa divulgou que solicitou ao prefeito um aumento de 33%, a fim de elevar o preço para R$ 4,67. A proposta foi criticada por vereadores e também nas redes sociais.

Foto: Divulgação
Omar ainda não tomou a decisão sobre o aumento da tarifa

A reportagem do LIBERAL apurou que, na reunião desta quinta, a VPT apresentou proposta menor, na casa dos R$ 4,20. Entretanto, após debates, esse valor teria sido diminuído ainda mais, mas o preço exato não foi divulgado. O reajuste deve ocorrer, também conforme apurado pelo LIBERAL, mas provavelmente ficará abaixo do solicitado pela empresa.

CONVERSAS
Enquanto o prefeito decide qual será o reajuste nas passagens, o vereador Thiago Martins (PV), que é presidente da Comissão de Transportes da Câmara de Americana, tenta articular junto a Omar para que o aumento não passe dos R$ 4. Nesta quinta, ele esteve no Gabinete do Prefeito e sugeriu o preço em R$ 3,90.

“Fui lá pessoalmente falar para que o prefeito acerte isso no máximo a R$ 3,90, para não chegar em R$ 4. Fui fazer esse pedido. Tirar a passagem de R$ 3,50 para R$ 4,20. Afinal são 70 centavos e isso é um absurdo e diariamente fica pesado. Agora, R$ 3,90 está bom porque o valor está de fato defasado. A população não vai ficar feliz, mas vai acabar entendendo que para ter melhoria no transporte vai precisar de reajuste”, afirmou o parlamentar sobre o assunto.

METROPOLITANO
Já em âmbito regional, o reajuste já está confirmado. A partir do próximo dia 16, passam a vigorar os novos valores das tarifas de transporte por ônibus intermunicipais na RMC (Região Metropolitana de Campinas). O índice médio será de 4,06%, que foi justificado também pelos aumentos nos valores de combustível, mão de obra e manutenção dos veículos.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!