Cobrança no Parque Ecológico de Americana é adiada

Pasta optou por adiar a cobrança por conta de algumas adequações que serão realizadas na entrada do parque


Foto: Arquivo - O Liberal
Dinheiro de entradas será utilizado para melhoria de recintos

Prevista para começar a partir desta semana, a cobrança de entrada no Parque Ecológico de Americana foi adiada pela administração. A nova data ainda não foi divulgada, mas segundo informações da assessoria de imprensa da prefeitura, a confirmação deve ocorrer nesta semana.

De acordo com a lei aprovada pela câmara, a cobrança será de R$ 4 para pessoas entre 12 e 59 anos. Crianças de 6 a 11 anos e alunos do ensino fundamental, médio e superior que comprovem a condição de estudante pagam meia.

A empresa contratada para ser a responsável pelo gerenciamento da cobrança dos ingressos – a 3A Multimídia e Sistemas – iniciou nas últimas semanas de dezembro a instalação de catracas e câmeras de segurança no local, o que já foi concluído. Agora, conforme nota do Executivo, ainda faltam algumas adequações na entrada do parque.

A cobrança estabeleceu algumas categorias que estão isentas do pagamento, como crianças até 5 anos, idosos acima de 60 anos e pessoas com deficiência. No caso de o deficiente necessitar da presença de um acompanhante, este também não precisará pagar o ingresso.

Alunos, professores e monitores de escolas públicas localizadas no município de Americana, que agendarem previamente uma visita ao parque de segunda a sexta-feira, também estarão isentos do pagamento da entrada no local.

O valor arrecadado com a cobrança do ingresso será destinado ao Fundo Especial de Revitalização e Manutenção do Parque Ecológico e do Jardim Botânico e será revertido para melhorias nos espaços.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!