Ciro defende residência pública em Americana

Pré-candidato à Presidência em 2018 palestrou em um evento da federação dos sindicatos dos servidores públicos municipais


Pré-candidato à Presidência em 2018, o ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (PDT), esteve em Americana nesta terça-feira e defendeu que a formação médica e residência sejam feitas por universidades públicas e em unidades do SUS (Sistema Único de Saúde). A medida foi apontada como uma solução em longo prazo para sanar falta de mão de obra médica na RPT (Região do Polo Têxtil).

Foto: Mariana Ceccon_O Liberal
Ciro participou de evento de sindicatos

Ciro palestrou em um evento da federação dos sindicatos dos servidores públicos municipais. “A formação no Brasil foi perdida, privatizada, no momento que entregaram as residências às corporações médicas. O plano que tenho – que já está em marcha, apesar do governo Temer atrapalhar – é recuperar a ideia de que é pública a responsabilidade de formação dos médicos”, defendeu.

Questionado sobre a busca emergencial de mão de obra a curto prazo, o pré-candidato disse não ver solução fácil. “Na minha cidade, Sobral, conseguimos trazer uma faculdade de medicina, moldamos todo o currículo e a residência é feita em unidades SUS. Hoje, temos a quarta melhor gestão de saúde do Brasil. Estou falando de Sobral porque é uma cidade do interior no semiárido. Se alguém nessa ambiência faz, não é razoável que a gente suponha que outras cidades não possam fazer”, finalizou.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter