CEI começa a fazer apuração

A abertura da apuração foi decidida pela Justiça após pedido do vereador Sergio Alvarez


A Câmara de Americana instalou na sessão desta quarta-feira a CEI (Comissão Especial de Inquérito) para apurar a situação financeira da prefeitura, a fim de comprovar a real necessidade da exoneração dos funcionários em estágio probatório. A abertura da apuração foi decidida pela Justiça após pedido do vereador Sergio Alvarez (PT), o padre Sergio.

O petista havia protocolado requerimento para abertura da CEI com oito assinaturas, mas na ocasião, em abril, quatro vereadores voltaram atrás e retiraram as assinaturas, algo considerado inadmissível pelo juiz Márcio Roberto Alexandre, que concedeu o pedido de mandado de segurança feito pelo petista.
Nesta quarta, em cumprimento à ordem judicial, foi instalada a CEI, com presidência do padre Sergio, e participação de nove vereadores, com representatividade de todos os partidos da Casa.

Apesar da abertura da CEI, o presidente da câmara, Alfredo Ondas (PMDB), disse que deve entrar com recurso na Justiça. “O entendimento nosso é que a comissão só se estabelece a partir do momento que ela é declarada como tal – como ocorrido hoje. O simples fato de o vereador ter colocado a assinatura no documento e em seguida soberanamente retirar, está agindo de acordo com vontade dele”, afirmou.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter