Cartas estavam em malotes de carro furtado

Cartas eram destinadas a moradores do Parque das Nações e foram encontradas em um terreno na Avenida Iacanga, em Americana


Foto: Bruna Decleve / Divulgação
Boletos, cobranças de IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículo Automotor), entre outras correspondências estão abandonados no trecho

Os Correios informaram nesta segunda-feira que as cartas destinadas a moradores do Parque das Nações, encontradas abandonadas em um terreno na Avenida Iacanga, em Americana, estavam em um veículo furtado da empresa no dia 3 de janeiro.

As correspondências – a maioria boletos e avisos de IPVA (Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores) – foram encontradas por uma auxiliar administrativo na semana passada. As cartas estavam em um terreno baldio no Jardim Ipiranga.

Por meio de nota, os Correios disseram que após terem sido comunicados da ocorrência e do local do suposto descarte, “recolheram as correspondências e inseriram-nas na distribuição domiciliária da cidade”.

Ao LIBERAL, a empresa também disse que não detalharia como foi o furto nem os conteúdos que foram levados, bem como os valores perdidos, para preservar a integridade dos empregados e clientes.

“A área de segurança dos Correios está em constante contato com as autoridades policiais, fornecendo dados e informações sobre ocorrências de furtos em veículos da empresa. Além do registro de boletim de ocorrência, os casos são apurados e as informações são encaminhadas à Polícia Federal”, informou a assessoria de imprensa dos Correios, nesta segunda.

Moradores do Parque das Nações e bairros próximos podem entrar no site dos Correios e registrar reclamação caso suspeite que alguma correspondência não tenha sido entregue. Segundo a empresa, as correspondências serão indenizáveis nos casos de não entrega ou dano, desde que haja o registro.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!