Câmara derruba feriado da Consciência Negra em Americana

Pelo projeto aprovado, a data passa a ser comemorada no terceiro domingo do mês de novembro e não no dia 20


Foto: João Carlos Nascimento-O Liberal
Com previsão de plenário cheio, a câmara distribuiu senhas para os interessados em assistir a sessão

Por 10 votos a 8, a Câmara de Americana aprovou nesta quinta-feira o projeto que altera a lei que institui o feriado do Dia da Consciência Negra no município, determinando que a comemoração não ocorra no dia 20 de novembro e sim no terceiro domingo do mês.

O resultado atende ao que pedia comerciantes e empresários da cidade, que temiam prejuízo com um terceiro feriado no mês de novembro.

O projeto é de autoria da Prefeitura de Americana e já havia sido aprovado em uma primeira votação no dia 1º de novembro, em regime de urgência, por 10 votos a 8.

Com previsão de plenário cheio, a câmara distribuiu senhas para os interessados em assistir a sessão. Houve manifestações por parte de movimentos a favor do feriado.

VEJA QUEM VOTOU A FAVOR E CONTRÁRIO À MUDANÇA

FAVORÁVEIS AO FERIADO NO DOMINGO
Gualter Amado (PRB)
Guilherme Tiosso (PRP)
Marschelo Meche (PSDB)
Judith Batista (PDT)
Kim (PMDB)
Luiz da Rodaben (PP)
Otto Kinsui (PMDB)
Pedro Peol (PV)
Rafael Macris (PSDB)
Thiago Martins (PV)

CONTRÁRIOS AO FERIADO NO DOMINGO
Juninho Dias (PMDB)
Léo da Padaria (PC do B)
Maria Giovana (PC do B)
Odir Demarchi (PR)
Padre Sérgio (PT)
Thiago Brochi (PSDB)
Vagner Malheiros (PDT)
Welington Rezende (PRP)

*O presidente Alfredo Ondas só vota em caso de empate

 

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter