Após roubo, pedreiro cai de telhado e acaba preso

Homem sofreu uma queda de sete metros e, mesmo ferido, tentou se esconder; o caso aconteceu na tarde deste sábado, em Americana


Após roubar dois celulares, um pedreiro de 28 anos caiu de uma altura de sete metros, tentou se esconder, mas foi preso na tarde de sábado (18), em Americana.

Por volta das 15h30, o criminoso foi até a casa de uma professora, de 47 anos, que mora na Rua Anhanguera, no bairro Nova Americana, e pediu um copo de água. Quando a mulher foi buscar a bebida, ele invadiu o imóvel e, com um pedaço de pau, fez ameaças e obrigou a professora a entregar o celular. Na sequência, o pedreiro fugiu.

Foto: Gama / Divulgação
Pedreiro caiu de uma altura de sete metros e foi preso pela Gama

A Gama (Guarda Municipal de Americana) foi comunicada sobre o roubo e, durante patrulhamento pelo bairro, testemunhas disseram aos guardas que um homem tinha entrado em uma metalúrgica, localizada na Rua Quintino Bocaiúva, e viaturas da Gama cercaram estabelecimento. O suspeito estava andando sobre o telhado e uma telha quebrou, ocasionando a queda dele de uma altura de sete metros.

Mesmo ferido, ele tentou se esconder no eixo de um caminhão, mas foi localizado pelos guardas. O pedreiro foi levado ao Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi de Americana, onde foi medicado e, depois, conduzido para a CPJ (Central de Polícia Judiciária).

Por meio de uma fotografia, a professora reconheceu o pedreiro como o homem que entrou em sua casa e roubou o celular. Neste momento, uma dona de casa, de 37 anos, procurou uma base móvel da Gama e disse que tinha sido assaltada por um homem que roubou seu celular no sábado de manhã. A vítima contou que o crime tinha acontecido na Rua Timbira, na região do bairro Vila Brieds. A dona de casa também reconheceu o assaltante ao ver uma fotografia.

O criminoso confessou que tinha roubado os dois celulares, mas que o aparelho da dona de casa ele tinha vendido por R$ 100 e comprado pedras de crack com o valor. Já o segundo celular ele disse que tinha jogado em uma rua. O objeto foi recuperado e devolvido para a professora.

Sendo assim, o pedreiro foi autuado em flagrante e encaminhado para a cadeia de Sumaré. De acordo com o boletim de ocorrência, o homem já possui passagens por roubo.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter