Acordo aprimora monitoramento da água na região

Medida disponibilizará dados atualizados periodicamente sobre as Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí e é considerada um 'divisor de águas'


Um acordo firmado entre três entidades ambientais irá proporcionar para toda a região das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí, onde estão inseridas as cidades da RPT (Região do Polo Têxtil), monitoramento efetivo e mais atualizado da qualidade da água dos mananciais.

A medida disponibilizará dados atualizados periodicamente na internet e foi considerada um “divisor de águas”. O acordo foi assinado pela Agência das Bacias PCJ, DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica) e Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo). Atualmente, a Cetesb faz uma publicação anual com dados sobre a qualidade da água nos rios, e esse dado é usado para nortear os trabalhos de recuperação ambiental e fiscalização.

Foto: Arquivo / O Liberal
Com este sistema será possível melhorar a gestão de uso consciente da água

Agora, com esse acordo de cinco anos, renovável por igual período, os dados serão divulgados ao público através da Sala de Situação PCJ. As informações serão acessadas com periodicidade maior e usadas para planejamento e execução das ações do Plano de Bacias.

De acordo com o diretor-presidente da Agência das Bacias PCJ, Sergio Razera, o acordo é um “divisor de águas” para a região. “Hoje nossa rede de monitoramento de quantidade já é muito boa, fornece muitas informações. A de qualidade é que precisava ser aprimorada. Com esta parceria entre DAEE, Cetesb e Agência PCJ, com apoio dos Comitês, isso vai ser muito facilitado, ampliado significativamente”, afirmou.

O diretor do DAEE, Ricardo Borsari, destacou que será possível melhorar a gestão de uso consciente da água, uma vez que além do volume e das vazões dos mananciais, a Sala de Situação informará a qualidade de forma atualizada.

Verbas

Na mesma reunião em que foi assinado o convênio, também foram liberadas verbas arrecadadas com a cobrança do uso da água da União, no montante de R$ 7,5 milhões para Piracicaba, Campinas, Atibaia e Morungaba. Outros 24 contratos devem ser assinados para liberar verbas para outros municípios nas próximas semanas.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!