Trump: programa Daca está condicionado a reforma em sistema de imigração

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que não vai assinar uma lei para proteger centenas de milhares de…


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que não vai assinar uma lei para proteger centenas de milhares de jovens imigrantes que foram levados ilegalmente ao país quando ainda eram crianças, a não ser que o Congresso concorde com uma reforma do sistema de imigração. Trump encerrou o Daca, programa que ajudava esses jovens imigrantes, mas postergou o fim da medida para permitir que o Congresso atuasse.

O presidente disse a repórteres em Camp David neste sábado que um eventual acordo deve incluir uma reforma dos programas de imigração familiares e o fim da loteria de vistos de diversidade, que seleciona aleatoriamente pessoas de países com baixas taxas de imigração para os EUA. Deve incluir também a aprovação de recursos para um muro na fronteira com o México.

Trump disse acreditar que os democratas vão acabar concordando com a ideia, apesar de suas preocupações. O presidente deu prazo até março para que o Congresso elabore uma nova legislação para proteger esses jovens imigrantes. Isso está impedindo temporariamente a deportação de aproximadamente 800 mil desses imigrantes. “Todos queremos que o Daca aconteça, mas também queremos mais segurança para nosso país”, disse Trump. Fonte: Associated Press.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!