Não há eleição geral iminente no país, diz primeiro-ministro da Irlanda

O primeiro-ministro da Irlanda, Leo Varadkar, afirmou que não há a intenção de o país realizar uma eleição geral "iminente"…


O primeiro-ministro da Irlanda, Leo Varadkar, afirmou que não há a intenção de o país realizar uma eleição geral “iminente” em meio às negociações da saída do Reino Unido da União Europeia (UE), o Brexit.

Em coletiva de imprensa nesta segunda-feira em Londres com a premiê britânica, Theresa May, Varadkar expressou suas preocupações sobre as negociações do Brexit. Já May afirmou que as conversas com o Partido Democrático Unionista (DUP, na sigla em inglês) seguem correndo, e qualquer acordo, quando acertado, será divulgado para o público.

May ainda disse que não reconhece o termo “Brexit duro”, queria seria negociação mais complexa para o Reino Unido de saída do bloco europeu, e reiterou apenas que o governo britânico quer uma “boa negociação” para o divórcio.

A premiê britânica precisa fazer um acordo com os 10 parlamentares do DUP para formar um governo de minoria. Nenhum acordo foi anunciado ainda, apesar do discurso da Rainha Elizabeth II, que ocorre após a formação do Parlamento, estar marcado para esta quarta-feira.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter