Migração para o Reino Unido se mantém em nível recorde, mostra levantamento

A quantidade de pessoas que migram para o Reino Unido se mantém em nível recorde e mais gente do que…


A quantidade de pessoas que migram para o Reino Unido se mantém em nível recorde e mais gente do que nunca desse contingente é oriundo de outras nações da União Europeia, informou nesta quinta-feira o Escritório Nacional de Estatísticas do país.

Calcula-se que 284 mil cidadãos da UE, um número sem precedentes, chegaram neste ano no Reino Unido até junho, pouco antes de o país realizar um plebiscito no qual a população decidiu pela saída da União Europeia. A imigração foi um aspecto crucial da votação de junho, na qual 52% dos britânicos votaram a favor da saída da UE. Muitos dos que respaldaram o chamado Brexit fizeram isso porque querem que o Reino Unido tenha maior controla sobre a imigração, o que é difícil no âmbito do princípio europeu da liberdade de deslocamento.

As autoridades britânicas têm como plataforma “recuperar o controle” e frear o deslocamento de cidadãos da UE para o território britânico. Até o momento, porém, não está claro que estratégias serão usadas para isso.

A imigração líquida a longo prazo – diferença entre os que chegam e os que saem do país – é de 335 mil, quando no ano anterior ela estava em 336 mil. A imigração líquida de cidadãos da UE foi de 189 mil.

A Romênia, com 10% do total de imigrantes, foi o país de residência anterior mais comum.

Porta-voz da premiê Theresa May, Helen Bower disse que o governo mantém a intenção de reduzir a imigração líquida a menos de 100 mil. “O governo expressou claramente seu compromisso de reduzir a imigração a níveis sustentáveis, mas levará tempo”, comentou a funcionária. Fonte: Associated Press.

Liberal Motors – BC
Revista L – BC.1