Mali: radicais promovem ataque em resort frequentado por estrangeiros

Um funcionário de segurança disse que suspeitos de fazerem parte de grupos radicais islâmicos na capital do Mali atacaram um…


Um funcionário de segurança disse que suspeitos de fazerem parte de grupos radicais islâmicos na capital do Mali atacaram um resort que é popular entre os estrangeiros nos fins de semana.

O funcionário da missão da Organização das Nações Unidas (ONU) conhecida como MINUSMA, disse que pessoas foram mortas e feridas, mas não deram nenhum pedido imediato. Também se acreditava serem reféns na área de resort de luxo Campement de Kangaba domingo.

O funcionário falou sob condição de anonimato porque não estava autorizado a conversar com jornalistas.

Funcionários da missão militar francesa no Mali, União Europeia e da ONU também estiveram lá no final de semana, acrescentou.

A violência do domingo ocorreu uma semana depois que o Departamento de Estado dos Estados Unidos alertou sobre “possíveis ataques futuros contra as missões diplomáticas ocidentais, outros locais em Bamako que os ocidentais frequentam”. Fonte: Associated Press.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter