Israel diz que reconhecimento pelos EUA de Jerusalém como capital é “histórico”

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, qualificou esta quarta-feira como um "dia histórico", após o presidente dos Estados Unidos, Donald…


O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, qualificou esta quarta-feira como um “dia histórico”, após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reconhecer Jerusalém como a capital israelense. Netanyahu disse em comunicado que seu país está “profundamente grato” e que o anúncio de Trump é “um importante passo para a paz”.

O líder israelense disse que Israel “continuará a trabalhar com o presidente e sua equipe para tornar o sonho da paz realidade”.

Trump se comprometeu a mudar a embaixada dos EUA de Tel-Aviv para Jerusalém. Boa parte da comunidade internacional condena essa mudança e também o reconhecimento da cidade como capital e os palestinos querem Jerusalém Oriental como capital de seu futuro Estado independente. Fonte: Associated Press.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter