Coreia do Norte culpa EUA e diz que guerra pode ser inevitável

O regime de Pyongyang, liderado por Kim Jong Un, criticou exercícios militares conjuntos entre os EUA e a Coreia do Sul na região


A Coreia do Norte disse que uma guerra nuclear na Península Coreana será inevitável, enquanto continua a criticar exercícios militares conjuntos entre os EUA e a Coreia do Sul na região.

O regime de Pyongyang ainda afirmou que autoridades americanas, incluindo o diretor da Agência Central de Inteligência (CIA, na sigla em inglês), Mike Pompeo, confirmaram a intenção de guerrear dos americanos “com declarações belicosas”.

Pompeo disse no sábado que as agências de inteligência dos EUA acreditam que o líder norte-coreano, Kim Jong Un, não tem uma boa ideia sobre o quão tênue é sua situação dentro e fora de casa.

Um porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da Coreia do Norte disse que Pompeo provocou o país ao “criticar imprudentemente nosso líder supremo”.

Os comentários foram reportados depois de os EUA enviarem um bombardeiro supersônico sobre a Coreia do Sul nesta quarta-feira, como parte de um exercício envolvendo milhares de aviões.

Fonte: Associated Press.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter