Pague Menos Corrida – SB.1

Indicadores industriais de outubro da CNI mostram queda generalizada

Os Indicadores Industriais divulgados nesta quinta-feira, 1º de dezembro, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostraram queda generalizada em outubro.…


Os Indicadores Industriais divulgados nesta quinta-feira, 1º de dezembro, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostraram queda generalizada em outubro. O emprego na indústria recuou 0,6% na comparação com setembro, na série com ajuste sazonal, o que representa o 21º mês consecutivo de baixa. Em relação a outubro de 2015, houve baixa de 6,0%. Com isso, no acumulado de 2016 até outubro, o emprego no setor industrial registra queda de 8,0% ante o mesmo período do ano passado.

O faturamento real das indústrias, que havia registrado leve melhora em setembro, cedeu 3,3% em outubro, na margem, conforme a série com ajuste sazonal. Na comparação com outubro de 2015, o faturamento despencou 18,0%. No acumulado de janeiro a outubro de 2016, o faturamento industrial registra queda de 13,1%.

Já a utilização da capacidade instalada (UCI) ficou em 76,6% em outubro ante, 77,0% em setembro (dado revisado) e 77,9% em outubro de 2015, conforme os dados dessazonalizados da CNI.

As horas trabalhadas registraram recuo de 1,7% em outubro ante setembro, com ajuste, e cederam 8,0% na comparação com outubro do ano passado. No acumulado de 2016, houve queda de 8,3%.

Por sua vez, a massa salarial real (descontada a inflação medida pelo INPC) teve baixa de 1,4% em outubro ante setembro, com ajuste, e recuou 6,1% ante outubro de 2015. No acumulado de janeiro a outubro deste ano a queda é de 8,8%.

O rendimento médio real teve baixa de 0,9% em outubro na comparação com setembro, com ajuste, e cedeu 0,2% na comparação com outubro de 2015. No acumulado de 2016, o rendimento médio real cai 0,8%.

Revista L – BC.1
Liberal Motors – BC