Dólar recua com apetite pelo risco no exterior e otimismo doméstico

O dólar fechou em queda frente ao real nesta quarta-feira, 19, no nível de R$ 3,16 no mercado à vista,…


O dólar fechou em queda frente ao real nesta quarta-feira, 19, no nível de R$ 3,16 no mercado à vista, em linha com o movimento de moedas ligadas a economias emergentes e commodities. A divisa encerrou em baixa de 0,44%, aos R$ 3,1675. Na mínima do dia, a divisa norte-americana atingiu R$ 3,1650 (-0,52%). De acordo com dados registrados na clearing da BM&F Bovespa, o volume de negócios somou US$ 1,115 bilhão.

Lá fora, o dia foi marcado por elevação acentuada dos preços de petróleo e pelo reforço na perspectiva de que o aperto monetário do Federal Reserve será gradual. No segmento futuro, a baixa no contrato para novembro foi de 0,55%, aos R$ 3,1770, com giro de US$ 12,670 bilhões. O menor valor do dia no futuro registrou R$ 3,1740 (-0,64%).

Domesticamente, continuou o otimismo com o andamento das medidas de ajuste fiscal e com uma futura recuperação econômica, dentro de um contexto de redução da taxa básica de juros, a Selic. Entretanto, o ambiente positivo para o câmbio foi limitado por alguma preocupação com o cenário político, que contou hoje com a prisão do ex-deputado Eduardo Cunha.