Traficante ‘Badinho’ é preso enquanto aproveitava feriadão

Policiais Civis da Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme) interromperam o feriadão de lazer de Luiz André da…


Policiais Civis da Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme) interromperam o feriadão de lazer de Luiz André da Silva Costa, o Badinho, apontado como um dos principais fornecedores de drogas e armas da facção criminosa Comando Vermelho.

Ele foi preso nesta sexta-feira, 13, de manhã, numa casa de veraneio em Iguabinha, na Região dos Lagos. Badinho é ex-jogador de futebol profissional e em sua trajetória criminosa se tornou uma das lideranças do CV, segundo a polícia.

Badinho tem 35 anos e faz parte da quadrilha de traficantes que atua na favela do Jacarezinho, na zona norte do Rio. É acusado da morte do policial da Coordenadoria de Operações Especiais Bruno Guimarães Buhler, de 36 anos, um atirador de elite da corporação, em agosto do ano passado. Ele participava de uma ação policial na favela quando foi baleado no pescoço.

Depois do crime, a Desarme fez operações no Jacarezinho e apreendeu armas, granadas e grande quantidade de drogas num bunker do tráfico. O material avaliado em R$ 1 milhão na ocasião, seria de Badinho.

Quando a polícia chegou à casa da Região dos Lagos, nesta sexta-feira, o traficante estava dormindo. Ele foi conduzido para a Cidade da Polícia, na capital, em seguida. Havia mandados de prisão contra ele por tráfico de drogas, associação ao tráfico e porte ilegal de arma de uso restrito.

Badinho jogou profissionalmente entre 2000 e 2001. Ele já havia sido preso em 2013. Desde 2006 havia mandados contra ele por tráfico de drogas. Segundo a polícia, já nessa época ele tinha ligações com o traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, um dos líderes do CV.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter