Gestão Doria nomeará mulher para Controladoria-Geral do Município

A gestão João Doria (PSDB) decidiu nomear uma mulher para o cargo de controladora-geral do município. Laura Mendes Amando de…


A gestão João Doria (PSDB) decidiu nomear uma mulher para o cargo de controladora-geral do município. Laura Mendes Amando de Barros é funcionária de carreira da Prefeitura e ocupava o cargo chefe da assessoria jurídica da própria Controladoria.

Ao apresentar suas ideias para o cargo, a nova controladora afirmou que passará a apresentar uma “agenda de trabalho” da Controladoria-Geral do Município ao novo encarregado do órgão, o secretário de Justiça Anderson Pomini. A medida é um das mudanças trazidas pela mudança de status que a CGM terá na gestão Doria. O órgão deixou de ser independente, como era desde sua criação, por meio de uma lei de 2013, e agora se reportará à Secretaria de Justiça.

“Não muda nada”, disse Pomini sobre a independência da CGM. O secretário afirmou que o órgão continuará investigando servidores sem depender de autorização prévia e isso valerá também para funcionários de sua pasta.

Sob o guarda-chuva da Justiça ficará também a Procuradoria-Geral do Município, órgão que defende os interesses municipais no Judiciário. O novo procurador é Ricardo Ferrari de Oliveira, também um procurador de carreira.

A Procuradoria terá a missão de atuar nas complexas propostas, do ponto de vista técnico, das promessas de campanha do prefeito eleito de viabilizar uma série de privatizações na cidade. Doria deve publicar um decreto garantindo a autonomia também da Procuradoria, hoje vinculada à Secretaria de Negócios Jurídicos.