Estado do Rio registra mais de 100 mil roubos de rua entre janeiro e outubro

O Estado do Rio registrou mais de 100 mil roubos de rua entre janeiro e outubro, um aumento de 47,8%…


O Estado do Rio registrou mais de 100 mil roubos de rua entre janeiro e outubro, um aumento de 47,8% em relação ao mesmo período do ano passado. No total, houve 104.302 casos de roubo a pedestre, de aparelho celular ou em transporte coletivo – foram 70.582 em 2015. O número de homicídios dolosos também cresceu e chegou a 4.111, ante 3.478 em 2015, um aumento de 18,2%. Praticamente todos os indicadores de segurança pública apresentaram piora.

Os dados constam em levantamento divulgado nesta quarta-feira, 30, pelo Instituto de Segurança Pública (ISP). Os números são baseados nos registros de ocorrência lavrados nas delegacias de Polícia Civil de todo o Estado.

A maior parte dos indicadores apresentou piora em relação a 2015. Além do número de roubos de rua e homicídios dolosos, houve aumento de 21% nos casos de morte violenta (de 4.188 para 5.067), de 33% no número de policiais mortos em serviço (passou de 21 para 28) e de 26,7% nas ocorrências de morte em confronto com policiais (passou de 569 para 721 em 2016).

Padovani Especial Pet – BC.1
Liberal Motors – BC

Em contrapartida, os “indicadores de produtividade policial”, segundo nomenclatura do próprio ISP, apresentaram queda no período de janeiro a outubro deste ano: houve redução de 2,6% no número armas apreendidas (7.639 em 2015 para 7.444 em 2016), de 7,8% no número de prisões em flagrante ou cumprimento de mandado (passou de 47.661 para 43.953) e de 1,4% no número de apreensões de adolescentes (caiu de 9.815 em 2015 para 9.679 em 2016).

O número de veículos recuperados teve um salto positivo de 18,5%. No acumulado de janeiro a outubro, saiu de 19.815 em 2015 para 23.473 este ano.