Começa o terceiro dia de júri de Elize Matsunaga

Ela é acusada de matar e esquartejar o ex-marido, o empresário Marcos Kitano Matsunaga, em 2012


Começou na manhã desta quarta-feira (30) o terceiro dia do júri de Elize Matsunaga, acusada de matar e esquartejar o ex-marido, o empresário Marcos Kitano Matsunaga, em 2012. Ainda na fase de escuta das testemunhas de acusação, o investigador de polícia Fábio Luís Ribeiro presta depoimento nesta manhã no Fórum Criminal da Barra Funda, na zona oeste da capital paulista.

Ribeiro foi o policial que analisou e editou o vídeo com as imagens de câmeras de segurança do prédio onde o casal morava. As gravações mostram o momento em que Elize, o marido, a filha e a babá chegam ao prédio, ao voltar de viagem para o Paraná no dia 19 de maio, um sábado.

Depois, Marcos desce de elevador e volta com uma pizza na mão. “Foi a última vez que ele apareceu”, disse Ribeiro, que atuava no Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP).

Ele contou que, na sequência, a ré desce com três malas, onde estavam as partes do corpo do marido no domingo de manhã e só retorna no final da tarde.

Irmão

Nesta terça-feira, 29, o empresário Mauro Kitano Matsunaga, irmão de Marcos Matsunaga, falou por pouco mais de duas horas, em um dos depoimentos mais aguardados do júri. “Ele era meu único irmão. Eu falo para os meus filhos cuidarem muito bem um do outro, porque é muito duro perder um irmão”, disse, sem conseguir conter o pranto.

Revista L – BC.1
Liberal Motors – BC