Coca-Cola instalará centro de distribuição em Sumaré

O prefeito de Sumaré, José Antonio Bacchim (PT), confirmou ontem, durante participação em um evento político […]


O prefeito de Sumaré, José Antonio Bacchim (PT), confirmou ontem, durante participação em um evento político na cidade, a instalação do Centro de Distribuição da Coca-Cola no Parque Bandeirantes, na região da Área Cura.

Segundo o petista, este será o maior centro de distribuição da indústria de bebidas da América Latina e vai gerar cerca de mil empregos diretos e outros três mil indiretos. Durante o evento, o prefeito disse ainda que a estimativa de faturamento do novo empreendimento deve ultrapassar a casa de R$ 1 bilhão por ano, aumentando significativamente o orçamento estadual e municipal.

As tratativas foram encerradas há cerca de 15 dias, quando a instalação do centro de distribuição da Coca-Cola foi fechada em uma reunião do gabinete do prefeito sumareense. Segundo apurou a reportagem do LIBERAL, o anúncio oficial por parte da empresa deve acontecer na próxima quarta-feira, dia 20, em um evento marcado para o gabinete do Seminário, às 11h.

Ontem, a reportagem não conseguiu contato com a assessoria de imprensa da fabricante de bebidas para comentar o assunto.

A área onde a Coca-Cola montará seu centro de distribuição tem, ao todo, 500 mil metros quadrados e abrigará um condomínio de logística, segundo explicou a assessoria de imprensa da Prefeitura de Sumaré. Obras de terraplanagem já estão sendo realizadas no local.

Além disso, técnicos do DER (Departamento de Estradas de Rodagem) já fizeram vistorias e vão apresentar ao governador Geraldo Alckmin (PSDB) os custos para construção do pontilhão ligando o Parque Bandeirantes, em Sumaré, até o bairro Nova Europa, em Hortolândia, bem como a duplicação da estrada que liga o quilômetro 105 da Rodovia Anhangüera até o Parque Bandeirantes.

“Esse anúncio demonstra o potencial econômico da cidade, estrategicamente localizada dentro da RMC (Região Metropolitana de Campinas) e a vocação para abrigar centros de logística. Anúncios como este mostram claramente que Sumaré superou problemas crônicos do passado, como a falta d’água. A chegada desse novo empreendimento só traz benefícios para a população de Sumaré e cria inúmeras oportunidades de trabalho”, disse Bacchim.